A amizade de Pati e Carol

Pati e Carol
Pati e Carol

“Mais que uma simples amiga, uma irmã!

Dia do amigo, para muitos um dia qualquer sem muita importância, quase sempre esquecido. Para mim até algum tempo atrás também nem sequer lembrava do dia do amigo. Mas hoje realmente posso dizer que amigos de verdade não me faltam, e entre eles encontrei aquela que posso dizer com toda certeza que é a minha “melhor” amiga.

Nossa amizade começou exatamente no primeiro dia de aula do ano letivo de 2007, eu era nova na escola e não conhecia quase ninguém, estava parada perto da porta de entrada ate que chega uma menininha pequena com uma carinha de chata, e na hora pensei ser aquelas patricinhas que se achavam, mas depois veio a surpresa aquela “patricinha” seria minha colega de classe.

Quando estávamos entrando na sala de aula me deparo com um convite dela para fazermos as atividades propostas juntas, na hora confesso que levei um breve susto por ela nem sequer me conhecer direto e me convidar para sentarmos juntas. Tudo bem, aceitei o convite e logo começamos a conversar, até damos algumas risadas.

Com o passar de alguns dias, parecia que nos conhecíamos a muito tempo, ela já havia me contado todos seus sonhos, seus medos, suas paixões. Era o início de uma grande amizade.

E nesses 2 anos e meio de amizade que já se passaram, foram vários risos, sorrisos, brigas, vários desentendimentos, a amizade foi crescendo, e o amor também, cada vez mais. Tantas coisas a gente viveu juntas e hoje é como se a gente se conhecesse desde sempre. Amizade mais linda que eu já tive, a mais complexa e complicada também!

Alguém que eu posso dizer que amo de verdade, sem medo de errar, que eu posso contar meus segredos sem desconfiar; que eu posso falar as coisas mais absurdas e idiotas do mundo sem medo do julgamento; alguém com quem eu posso ser eu mesma. A pessoa mais legal e mais chata que eu já conheci na minha vida. Que me aguenta quando estou de TPM, que me consola quando eu tenho aqueles ataques depressivos, que acorda em plena madrugada pra me escutar falar dos meus rolos, que me ajuda a mentir só para a gente conseguir o que quer ou até mesmo pra faze as coisas juntas..

Carol Torres, obrigada por fazer parte da minha vida e ser essa amiga tão maravilhosa que és pra mim, te amo. “

Patrícia Fernanda Frank.

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: