Informação fast food

Pra que serve aquilo que você tem ingerido?

Não demora para chegar. Vem em uma embalagem bacaninha. O conteúdo é de origem desconhecida. Bastam segundos para digerir tudo. Inchado, mas satisfeito, quem come ainda sai fazendo propaganda. Bem vindo ao mundo do fast food! Na saída, receba seu brinde!
É assim que a turma do imediatismo lida com o conhecimento na maioria das vezes. Recebemos informações de todos os tipos, como um bombardeio. É tempo de velocidade. E não se pode demorar muito. Ainda que as fontes não apareçam, ainda que seja mentira, ainda que esteja incompleto: o que importa é anunciar primeiro.
Também não interessa se vai ser útil daqui a algumas horas. Se não servir neste minuto, já era. Desatualizado é quem não acompanha as novidades de segundo em segundo. O que o professor diz não vai valer pra festa de sábado, o livro tem uma linguagem chata, o filme é comprido demais, a matéria é demorada para ler até o fim. Na era fast food, o lance é instantâneo.
E quando vem pronto, quem se importa com os ingredientes? Abrir a boca pra engolir. Perguntar está fora de moda. A ordem é mecânica, automática. Basta mastigar. O resultado é o acúmulo que não serve para nada. O amontoado de comida que não resulta em energia. O excesso causa uma imobilidade em massa.
Afinal, o que estamos fazendo com o conhecimento que nos é oferecido, pronto? Pra que serve tanto acesso à informação? Estaríamos enjoados de saber tudo? Nossa geração tem acumulado leituras que só servem para inchar? Somos parte da turma que só aprendeu a acumular? A sabedoria entra por um lugar e sai pelo outro, sem gerar atitude?
Não cheguei às conclusões. Não tenho as respostas. Essas foram dúvidas que surgiram a partir de um outro diálogo com aquele amigo do post anterior. Ele, assim como eu, quer produzir e consumir algo de qualidade. Não somos da turma que se contenta com o pouco ou com o muito sem serventia. Temos computador, internet, carteirinha da biblioteca, assinatura de jornais… Mas queremos mais: que o sentido dessa história esteja incluído no brinde entregue no final.

Flores da Dii!

Tags:

3 Respostas to “Informação fast food”

  1. Felipe Kroth Says:

    Ótimo, Di! Ficou muito bom. Parabéns. Nem preciso dizer que concordo com tudo, né?

  2. Huélinton Rodrigues Says:

    muito bom, realmente vivemos em tempos em que querem tudo “pré mastigado” esquecendo de viver de “saborear” um pouco mais a vida

  3. Michele Lehmen Says:

    Olá, parabéns pelo trabalho super legal.

    Da uma olhadinha no blog – http://tudopmeninasblog.blogspot.com/

    somos 3 meninas de venâncio aires, e tipo AMAMOS na pilha.

    bjão pilhado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: