Anaa sobre oito rodas: felicidade sem tamanho

Tem coisas que a gente faz na infância e gosta tanto, que passa o resto da vida se perguntando o porquê de não ter persistido. Comigo, como patinadora, foi exatamente assim. Iniciei no esporte aos 9 anos por incentivo da minha mãe. Ela achava bonito e perguntou se eu gostaria de participar. Lembro, como se fosse hoje, da minha primeira aula: calcei os patins e, seja porque já tinha experiência com rollers (o mais provável), seja porque nasci para fazer isso (cof, cof), saí andando com a maior facilidade.

Depois da primeira aula, foram dois anos em que deslizar sobre as oito rodas foi um dos momentos mais felizes da minha vida. Infelizmente, além de divertido, patinação também é um esporte caro. As despesas com figurinos, patins e viagens, aliadas a uma incompatibilidade de horários das aulas, fez com que eu deixasse a patinação. Mesmo assim, por anos, fui a todas as apresentações de fim de ano promovidas pela escola, sempre com um ar de nostalgia e vontade de retomar a prática.

Treze anos se passaram e, eis que surgiu a oportunidade: ao fazermos uma matéria para o Na Pilha!, com a talentosíssima patinadora Nayara Simões, pedimos à guria que nos ensinasse a patinar. Cheia de empolgação, fui a primeira a calçar os patins e sair pelo ginásio. Depois de uns primeiros passos inseguros (treze anos se passaram, gente!), consegui até arriscar alguns passinhos. Ao fim do nosso ‘treino’, já sentia como se nunca tivesse ficado longe daquelas rodinhas.

As imagens feitas na ocasião, comprovam minha felicidade:

Passo 'avião' com Nayara Simões

Passo ‘avião’ com Nayara Simões

Quase lesionei a coxa, mas fiz o 'carrinho'!

Quase lesionei a coxa, mas fiz o ‘carrinho’!

Aprendendo com a campeã!

Aprendendo com a campeã!

E para provar o meu passado com a patinação, garimpei nos álbuns antigos algumas fotos:

Em outubro de 2000, com 11 anos (segunda, da direita para a esquerda, em pé). Show de patinação na Oktoberfest.

Em outubro de 2000, com 11 anos (segunda, da direita para a esquerda, em pé). Show de patinação na Oktoberfest.

Em novembro de 2000 (primeira da direita para a esquerda, de verde), em show de patinação realizado em Sinimbu.

Em novembro de 2000 (primeira da direita para a esquerda, de verde), em show de patinação realizado em Sinimbu.

Gostaria de deixar o meu ‘muito obrigada’ para a querida Nayara Simões. Com certeza, essa experiência, vai ficar guardada na caixinha de lembranças especiais!

Desejo toda a sorte do mundo nas próximas competições!

Beijosss da Anaa!

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: