Tão longe e, ao mesmo tempo, tão perto

3nov2013---fas-de-bieber-dao-espetaculo-de-choradeira-em-show-no-rio-de-janeiro-1383530923683_956x500

Você tem um ídolo? Ou melhor, você tem algum amigo que tem um ídolo? Que é fã de alguém? Não aquele tipo de fã que gosta das músicas e é apenas isso. Mas aquele tipo de fã que realmente ama, que faria qualquer coisa para ver o ídolo sorrir, que pegaria para si todas as dores de seu ídolo apenas para fazê-lo ficar bem. Você, por acaso, sabe como é se sentir assim?

Bem, há quem diga que não existe essa coisa de amor de fã. Que é impossível você amar alguém quem nem sabe da sua existência, se dedicar a alguém que nem imagina que você faz isso, apoiar e defender alguém que nem mesmo conhece seus próprios ‘inimigos’. Eu dizia a mesma coisa. Eu achava patético ter um ídolo, achava impossível me sentir dessa forma. Até acontecer comigo. É como dizem, a gente nunca sabe como as coisas realmente são até o momento em que passamos por elas. A verdade é que eu entendo quem acha tudo isso desnecessário. Eu mesma já me senti assim. Mas agora as coisas mudaram, a minha vida mudou, a minha forma de pensar mudou e eu mudei.

Quero dizer, é possível SIM você ter um ídolo! E você pode até achar que não, mas é real! É um sentimento verdadeiro. Claro que existem aqueles admiradores que apenas gostam da música, do filme, da aparência e por aí vai. Mas esses não são fãs, são admiradores. Fã é aquele que AMA. E amar sem esperar ser amado de volta é a coisa mais linda do mundo. Veja bem, você ama alguém que não sabe da sua existência e que mora há quilômetros de distância de você, mas você é recompensado. Você fica feliz apenas por ver seu ídolo feliz. Você sorri apenas por vê-lo sorrir. Você aprende coisas, aprende a acreditar nos seus sonhos, aprende a querer ajudar sem esperar algo em troca, aprende a valorizar as pequenas coisas da vida. E, acredite, amar alguém sem pedir nada em troca não é ser iludido, é saber amar incondicionalmente. A verdade é que não importa qual seja seu ídolo ou qual seja seu amigo que tenha um ídolo, apenas aceite e respeite. Você não precisa gostar ou concordar, apenas respeitar. Você vai ver como tudo vai parecer mais leve.

Beijocas da Mari!

Tags: ,

Uma resposta to “Tão longe e, ao mesmo tempo, tão perto”

  1. Vanessa Krammes Says:

    Realmente eu sou uma fã loucamente apaixonada por um cantor Gusttavo Lima faria qualquer coisa só pra ver ele, ate mesmo participo de um fc q é de td Brasil, choro quando ele está triste, procuro saber de td de sua vida e sofro Quando os outros dizem q ele ñ lembra q eu existo, mas ergo a cabeça e sigo em frente!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: