Doce pecado

mulher-gula-doces1

“Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral, por comida ou bebida”, explica o artigo do site Wikipédia. Algumas pessoas dizem ser apenas exagero ou, até mesmo, mito. Já outras, classificam a gula como o segundo pecado capital. Mas, acreditem, a gula existe mesmo, pois eu a sinto todos os dias. 

Preciso compartilhar com vocês esse fato, porque já virou rotina na minha vida. Almoçar e sentir a tal gula. Jantar e sentir a tal gula. Fazer um lanche e, logo em seguida, sentir a tal gula. Gula por chocolates. Gula por bolos. Gula por tortas. Gula por doces, em geral. É até engraçado quando, na primeira hora da tarde, estou conversando com meus colegas de equipe e, de repente, um olha para o outro e diz: “Já posso reclamar de fome ou ainda é cedo?”

Pois bem. Acrescento que já virou mania, também, satisfazer essa tal gula. Exatamente. Sei que é o famoso “olho gordo de comida” que me incentiva a comer um doce após alguma refeição e sei, também, que, provavelmente, isso não é algo bom, mas é realmente incontrolável.

Especialistas no assunto recomendam não ceder à gula e eu, que não entendo nada do assunto, recomendo o mesmo, apesar de não seguir tais orientações. Ah, só mais uma coisinha: Dia 26 de janeiro, é o Dia da Gula. Nesse dia, podemos abrir uma exceção, não é?

Beijocas da Mari!

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: