“Alguns infinitos são maiores que outros…”

De alguns dias para cá, eu venho me sentindo extremamente ansiosa e venho criando milhões de expectativas em volta de um mesmo assunto, ponto, questão, acontecimento: a transformação do livro ‘A Culpa é das Estrelas’ em filme.  Eu já falei disso anteriormente aqui no blog, como vocês devem estar lembrados, porém agora é mais especial. Já estamos em 2014, o ano em que o filme será, finalmente, lançado e as minhas expectativas só aumentam.

Confesso que quando eu peguei o livro para ler, não coloquei muita fé na história. Parecia tão clichê, pois todo mundo adorava e, logo, o enredo se tornou conhecido. Um amor adolescente entre uma garota com câncer, que se locomove para todos os lugares carregando um ‘carrinho’ de oxigênio consigo, e um garoto com câncer (também), em que uma de suas pernas teve que ser substituída por uma prótese. Um romance entre adolescentes nada clichê, devo ressaltar. Já nas primeiras páginas, me emocionei. Dali em diante, não consegui mais largar o livro. Quase o devorei, para ser sincera.

‘A Culpa é das Estrelas’ não é meu livro favorito, mas é especial. Muito especial. E, por isso, eu espero que o filme seja tão bom quanto o livro. Quer dizer, o filme precisa ser tão bom ou até melhor que o livro. ‘ACEDE’ (abreviação de ‘A Culpa é das Estrelas’) conquistou muitos fãs ao longo do pouco tempo desde que foi lançado e, por isso, o filme vai decepcionar muita gente se não fizer jus ao livro. Por esses e outros motivos, todos aqueles que são fãs esperam grandes surpresas. Separei para vocês algumas partes do livro que são maravilhosas e que não ficaram de fora das cenas do filme. E nem poderiam, não é?

Nestas cenas, podemos ver Hazel (personagem principal) ao lado de Isaac (melhor amigo de Augustus) e, em seguida, o próprio Augustus.

Nestas cenas, podemos ver Hazel (personagem principal) ao lado de Isaac (melhor amigo de Augustus) e, em seguida, o próprio Augustus, preenchendo a maioria das cenas.

Claro que eu não poderia deixar de fora o ‘mantra’ que Hazel e Augustus adotaram para uma vida:

“Aparentemente, o mundo não é uma fábrica de realização de desejos.”

“Aparentemente, o mundo não é uma fábrica de realização de desejos.”

E, agora, o mais importante: o trailer oficial legendado!

Beijocas da Mari!

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: